No Excel, é tudo parênteses

por João Henrique

Ainda no ensino fundamental, aprendemos a escrever expressões matemáticas usando parênteses, colchetes, e chaves, para agrupar as operações. Daí, quando vamos escrever alguma fórmula no Excel, é natural escrevermos também usando esses elementos... mas o Excel não aceita colchetes nem chaves, é tudo parênteses.

Dessa forma, a expressão {3+[4*2*(5+4+1)]-[2*(2+2)]+2} fica assim no Excel: (3+(4*2*(5+4+1))-(2*(2+2))+2). É mais difícil de ver, né? O resultado, pelo menos, é o mesmo: 77.

Se a gente esquecer de digitar um parênteses que seja, o Excel vai dar erro, ou dar um resultado errado. Para evitar erros, podemos usar a seguinte regra: tudo que abre, tem que fechar. Ou seja, todo parênteses que se abre - ( - deve ser fechado - ). Para verificar isso, é só contar a quantidade de parênteses abertos e a quantidade de parênteses fechados - se o número for o mesmo, está certo. Mas atenção: isso não quer dizer que os parênteses estão no lugar certo.

Ah, e se você não sabe o que significa esses asteriscos ali em cima, dê uma olhada em como "Fazer operações básicas de matemática no Excel".

Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos e assine para receber mais dicas de Excel por e-mail.

Veja também: